terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Três horas da manhã.
eu bebo,
ele é quem vomita.
eu danço em uma sala escura,
ele rezando para que eu esteja no claro.
ele vestindo suas calças,
e eu tirando as minhas.
ele pensando em mim,
e eu não pensando em nada.
ele liga,
pergunta se estou bem.
Ingênua, respondo que sim.
mentiras à parte:
eu viro um,
dois,
três.
ele disse eu te amo,
e eu respondi goodbye.

2 comentários:

Rafa. disse...

tudo que eu sei, é que se esse goodbye curar essa coisa, meu amor, dou todo apoio pra vc dizê-lo.


TE AMOOOOOOOOOO

Billy disse...

goodbye sempre simplifica tudo, como o fim de um parágrafo, mas é tão difícil simplificar as coisas, meu pai...
u got all of us, we're your girls